Como aprender

Conheça o seu Ser

um grande número de pessoas pode passar a vida inteira sem nunca ter a experiência de conhecer a si mesmo

Muitos mestres sábios ensinaram ao longo da história a mesma lição sobre o sucesso na vida: “Conheça o seu Ser” ou “Seja você mesmo”. Veremos que ambos significam a mesma coisa. Na prática, no entanto, esta aplicação não é tão fácil: um grande número de pessoas pode passar a vida inteira sem nunca ter a experiência de conhecer a si mesmo.

O que significa conhecer a si mesmo, ser você mesmo?

Em nossa vida diária nossa atenção está sempre focada em alguma coisa outra que nós mesmos, em algo que vemos, escutamos, sentimos ou pensamos. Desde o momento que despertamos pela manhã até o momento que adormecemos à noite estamos numa continuidade de pensamentos e experiências sem nunca ter tempo para apenas estarmos com nosso próprio ser. Portanto, aquele que não conhece o Ser nunca conhecerá a si mesmo.

Então, como o conhecedor conhece a si mesmo? Levando sua atenção para dentro ao invés de levá-la para fora.

A prática regular da MT aumenta a autorrealização em um grau nunca antes visto.

A técnica permite que a mente mergulhe profundamente no Ser e não há nada do lado externo que possa desviar sua atenção desta experiência. Isto significa nenhuma percepção, nenhum pensamento, apenas a consciência pura, seu Eu mais interior. Mas como podemos chegar a este estado?

É um processo muito simples, natural e sem esforço. Não é preciso fazer nada. Apenas sentar-se confortavelmente com os olhos fechados. Mas como não pensar em nada? Já que quanto mais você tenta não pensar, mais você pensa?

É nesta situação que os praticantes de meditação cometem o maior equívoco porque as pessoas tentam entrar nesse estado.

A prática regular da Meditação Transcendental aumenta a autorrealização em um grau nunca antes visto.

A técnica da Meditação Transcendental é a redescoberta de uma antiga tradição que envolve um processo totalmente natural. Com a técnica adequada e com professores certificados, as pessoas não precisam tentar alcançar esse estado. De forma natural e espontânea a mente mergulha para dentro, ela não quer nada além disso. É como se ela estivesse voltando para casa. A MT é um processo mental simples, natural, sem esforço e agradável. É a única forma eficaz de experimentar o estado puro da consciência.

O ensinamento de Maharishi é, essencialmente, demonstrar que a verdadeira meditação é exatamente o oposto do que as pessoas hoje entendem por “meditação”: uma forma de concentrar-se ou de controlar a mente. Mesmo que façamos o menor esforço, como a maioria das técnicas de concentração exige, ainda assim estaremos mantendo a mente ativa, o que impede que a mente transcenda para o nível mais refinado do pensamento e experimente o silêncio profundo.

Por outro lado, um professor da técnica da Meditação Transcendental devidamente qualificado pode orientar qualquer pessoa a alcançar a transcendência, treinando a mente de forma natural, sem esforço e com espontaneidade.

Qual é o efeito da prática contínua desta experiência?

Se repetirmos regularmente a experiência de sermos nós mesmos através da prática da Meditação Transcendental, a mente se habituará a esta experiência, mesmo quando estivermos de volta às nossas atividades. Chegamos a um estado onde esse estado nunca mais desaparecerá. Então, iremos permanecer assim em todos os momentos.

como uma árvore com raízes profundas e um grande tronco. Não importa o quanto o vento sopre, a árvore permanece imóvel.

Ser você mesmo é como uma árvore com raízes profundas e um grande tronco. Não importa o quanto o vento sopre, a árvore permanece imóvel. Não é difícil ver como a técnica pode trazer sucesso em todas as áreas da vida. As pessoas que são elas próprias conseguem manter a calma, mesmo em situações difíceis, vivem com muito menos estresse, o que beneficia a saúde. Elas não se abalam pelas circunstâncias e encontram rapidamente soluções criativas para os problemas. (O estresse bloqueia a criatividade, já a mente experimentando o silêncio do Ser interior, permite que a criatividade floresça constantemente). Elas adquirem maior autoconfiança, tendem a ter muito menos conflitos e relacionamentos melhores. Todas as áreas da vida melhoram. Além disso, elas irradiam positividade e as outras pessoas sentem-se mais a vontade perto delas.

Ser você mesmo, objetivamente medido.

É bastante fácil de medir objetivamente a que ponto as pessoas podem ser elas mesmas, através de testes de autorrealização.
Atualmente, a psicologia diz que a autorrealização pára de se desenvolver em torno da adolescência, junto com outras capacidades intelectuais. No entanto, quando as pessoas começam a praticar a técnica da Meditação Transcendental, a autorrealização aumenta drasticamente, independente da idade.

O efeito médio de 18 estudos sobre a Meditação Transcendental, no entanto, mostraram ser de 3 a 4 vezes mais eficazes

Este estudo é uma meta-análise de todos os estudos já realizados sobre a autorrealização com diferentes tipos de técnicas de meditação (42 estudos de investigação no total). Todas as outras formas de meditação obtiveram um efeito muito pequeno (= pequeno aumento de autorrealização), como esperado. O efeito médio de 18 estudos sobre a Meditação Transcendental, no entanto, mostraram ser de 3 a 4 vezes mais eficazes. (veja autorrealização). Esta é a diferença entre o simples relaxamento e verdadeira transcendência. Sendo você mesmo verdadeiramente é quando conseguimos ser nós mesmos durante nosso cotidiano.

Abraham Maslow, psicólogo que primeiro desenvolveu o conceito de autorrealização, estimou que apenas 1-2% da população geral poderia ter a esperança de ser totalmente autorrealizada. No entanto, ele descreveu como algumas pessoas às vezes tinham “pico de experiências”, o que poderia resultar em um crescimento da autorrealização. Parece haver uma maneira sistemática para induzir essas experiências de pico. (A descrição de experiências de transcendência corresponde à descrição de experiências de pico de Maslow). Os resultados são evidentes: o estudo a longo prazo da MT mostrou que após 10 anos de prática, 38% do meditantes estavam no mais alto nível de autorrealização.

Mas ser você mesmo é apenas uma pequena parte da história. É apenas quando somos realmente nós mesmos que podemos descobrir a nossa natureza mais profunda, a nossa unidade essencial com nosso Eu superior, a fonte de toda a vida, algo muito maior do que a nossa pequena individualidade (veja: transcendência = maior experiência humana)

Além de promover Foco e Autorrealização, a Meditação Transcendental promove o prazer de viver uma vida mais plena e satisfatória, isso é o que mais proporciona alegria

O melhor de tudo isso é que nos tornamos cada vez mais autorreferentes e autossuficientes em nossa busca por plenitude. Sem remédios, crenças limitadoras ou pré-conceitos.

Permitimos que a mente guiada por sua própria natureza, mergulhe em si mesma, em nosso Ser puro, fonte de toda a criatividade, inteligência, riqueza, felicidade e poder, e é tudo o que nós realmente buscamos na vida.

Uma técnica fácil, agradável e natural. Se você é capaz de pensar, será capaz de praticar.