Estudos científicos comprovam a eficácia da MT no tratamento de transtornos de saúde mental, como depressão e ansiedade. Entenda o porquê ela funciona. 

Considerada o mal do século pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão é uma doença que afeta milhões de pessoas de todas as idades e culturas ao redor do mundo. Em muitos casos, o problema vem acompanhado da ansiedade, outro transtorno mental bastante recorrente nos tempos atuais. O Brasil, inclusive, ocupa o primeiro lugar no ranking de país mais ansioso do mundo, segundo a OMS.

Neste artigo, você vai entender como a Meditação Transcendental® (MT) ajuda a combater a depressão e a ansiedade, sejam elas associadas ou não, de uma forma totalmente natural, sem esforço e com resultados comprovados cientificamente. 

Para começar, vamos conhecer a origem desses problemas.  

Causas da depressão e da ansiedade

Embora seja comum a depressão estar relacionada a acontecimentos específicos e a traumas, a doença pode surgir em qualquer estágio da vida e de modo totalmente independente de eventos factuais ou de condições emocionais, sociais e financeiras. O transtorno pode ser desencadeado por fatores diversos, como predisposição genética, sedentarismo, dieta desregrada, doenças físicas, uso excessivo de redes sociais ou qualquer outro comportamento relacionado a vícios e compulsões. 

No caso dos transtornos de ansiedade, a regra é a mesma: o problema pode aparecer, independentemente de fatores emocionais, sociais, psicológicos ou físicos. 

Cortisol X Serotonina 

O que os transtornos de depressão e de ansiedade têm em comum? 

Dentre outros fatores, a resposta está no desequilíbrio de dois elementos bioquímicos que nosso organismo produz naturalmente: o cortisol e a serotonina. O primeiro é conhecido popularmente como o “hormônio do estresse” e, o segundo, o “hormônio da felicidade”. 

O cortisol ajuda a controlar o humor, o medo e a motivação. Em situações de perigo, o organismo libera uma dose extra desse hormônio na corrente sanguínea, justamente para deixar o indivíduo em estado de alerta e enfrentar desafios. O problema é que o corpo não distingue o que é um perigo real, como o ataque iminente de um animal selvagem, ou uma ameaça hipotética, como assistir ao noticiário e se imaginar sofrendo algum tipo de violência assim que sair de casa. 

Já a serotonina, na verdade, não é um homônimo, mas sim um neurotransmissor. Ela é responsável pela sensação de prazer e é fundamental para a promoção do nosso bem-estar.  A serotonina ajuda a regular o sono, a atividade cardiovascular, a temperatura corporal, o apetite e outras funções biológicas. Quando se encontra em baixa concentração, o humor é diretamente afetado, resultando em indisposição, sentimento de tristeza, insegurança e outros sintomas associados à depressão e à ansiedade. 

A regulação da produção do cortisol e da serotonina, portanto, é o ponto central dos tratamentos desses transtornos de saúde mental, e isso pode ser feito de algumas formas. Existem, por exemplo, diversas medicações que ajudam nesse controle, mas normalmente os fármacos causam efeitos colaterais, ou seja, agridem outras funções biológicas do organismo. 

A Meditação Transcendental (MT) é o caminho mais natural para alcançar esse equilíbrio, segundo inúmeros estudos científicos. 

Como a MT ajuda a combater a depressão e a ansiedade

A MT é uma técnica de meditação muito simples, natural e sem esforço. A prática permite que sua mente ativa se volte facilmente para dentro, alcançando um nível de repouso muito profundo, chamado de repouso em alerta. É justamente esse estado que permite a regulação natural de hormônios e neurotransmissores, principalmente do cortisol e da serotonina, através da inteligência interna de nossa própria fisiologia. 

Ao reequilibrar esses elementos bioquímicos, os sintomas associados à depressão e à ansiedade melhoram e dão lugar ao bem-estar, à paz interior e à sensação de satisfação. A qualidade do sono melhora, bem como a capacidade de concentração, a inteligência , a criatividade, entre outros diversos benefícios para a saúde física, mental e emocional.

É importante lembrar que a Meditação Transcendental não é uma religião, uma filosofia ou um estilo de vida. Nenhuma crença ou expectativa é necessária para que a prática seja eficaz para promoção da saúde. Mais de 600 estudos científicos sobre os efeitos positivos da MT foram conduzidos em cerca de 200 universidades e escolas de medicina, como Harvard, Stanford e Yale. Os resultados foram publicados em mais de 150 revistas científicas, com revisão por pares.

Clique aqui para saber mais sobre a MT. 
Para começas a aprender, encontre um instrutor de MT perto de você.