Pesquisas científicas sobre o Estresse - Meditação Transcendental
Loading...

Pesquisas científicas sobre o Estresse

Aumento de Calma Fisiológica, maior satisfação
pessoal e profissional em Executivos e Trabalhadores

 Um estudo realizado com executivos e trabalhadores da indústria automobilística descobriu que, após três meses de prática regular do Programa de Meditação Transcendental, os participantes apresentaram aumento de calma fisiológica, avaliada tanto durante o repouso, quanto durante a execução de tarefas, em comparação a outros controles realizados nos mesmos locais de trabalho. Além disso, eles também relataram maior satisfação profissional e pessoal.

Ref. “Anxiety, Stress and Coping: An International Journal”, v. 6, 1993, p. 245-262.

 Diminuição de Distúrbio de Estresse
Pós-traumático em pacientes


Os pacientes em tratamento para estresse traumático que aprenderam o Programa da Meditação Transcendental apresentaram redução significativa nos sintomas de transtorno de estresse em comparação àqueles que fizeram psicoterapia.

Ref. “Journal of Counseling and Development”, v. 64, 1985, p. 212-215.

Diminuição da resposta ao estresse

Estudantes universitários que aprenderam a técnica da Meditação Transcendental apresentaram reação na redução do estresse após 10 semanas de prática, em contraste com a reação a estresses mais elevados a que estudantes escolhidos aleatoriamente foram submetidos. A reação à redução de estresse foi medida em hábitos fisiológicos agravados devido a estímulos a ruídos altos. Os estudantes que aprenderam a técnica da Meditação Transcendental também mostraram maior integração do funcionamento cerebral e diminuição da sonolência em comparação aos outros controles realizados.

Ref. “International Journal of Psychophysiology”, v. 71, 2009, p. 170-176.

Estilo mais calmo do funcionamento fisiológico:
Menos estresse nas atividades diárias

Uma meta-análise constatou, em contraste com outros controles, que os praticantes do Programa de Meditação Transcendental de Maharishi demonstram que, mesmo fora da meditação, é possível um funcionamento fisiológico mais calmo, como indicado por meio de níveis mais baixos da taxa de respiração, da frequência cardíaca, de respostas imediatas na resistência da pele e no lactato plasmático.

Ref. “American Psychologist”, v.  42, 1987, p. 879-881.

Recuperação mais rápida do estresse

Os praticantes do Programa de Meditação Transcendental demonstraram uma recuperação fisiológica mais rápida do estresse proveniente de um som alto (medido pela resistência galvânica da pele). Uma série de sons foi apresentada, e depois de algumas apresentações, eles não provocaram reação de estresse entre os praticantes da MT.

MT. Ref. “Psychosomatic Medicine”, v. 35, 1973, p. 341-349.

Maior Estabilidade Fisiológica

Os praticantes do Programa de Meditação Transcendental apresentaram maior estabilidade no sistema nervoso autônomo, indicado por flutuações na resistência espontânea da pele cada vez menos frequentes (maior intervalo entre as flutuações).

Ref. “Psychosomatic Medicine”, v. 35, 1973, p. 341-349.

Diminuição do Estresse, da Ansiedade e dos sintomas de TDAH

Alunos da Escola para Pacientes com Estresse e TDAH (transtorno de déficit de atenção e hiperatividade) que praticaram a técnica da Meditação Transcendental durante três meses conseguiram reduzir o estresse, a ansiedade e os sintomas de TDAH, observados tanto pelos professores e por eles próprios. Por meio da aplicação de um teste variado, o valor de p no gráfico indica melhoria nas seguintes subescalas: ansiedade / depressão, retraimento / depressão, problemas afetivos, problemas de ansiedade, problemas de atenção, problemas de TDAH e problemas gerais; as barras no gráfico indicam mudança na totalidade dos problemas.

Ref. “Current Issues in Education”, v. 10, n. 2, 2008. Disponível em < https://cie.asu.edu/ojs/index.php/cieatasu/article/view/1569> Acesso em 02 de março de 2018.

Artigos Relacionados